Realismo na Poesia em Portugal

Quando surgiu o Realismo em Portugal?

  • Na segunda metade do século XIX-1865;

Quanto tempo demorou? Como surgiu?

  • Demorou 25 anos (1865-1890) e surgiu com a “Questão Coimbrã”;

Os principais representantes do realismo em Portugal:

  • Antero de Quental
  • Cesário Verde
  • Eça de Queirós

As principais características do Realismo:

  1. Análise e síntese da objectividade;
  2. Indiferença do "eu" subjectivo e pensante diante da Natureza;
  3. Neutralidade do coração e do espírito
  4. Análise corajosa dos aspectos baixos da vida;
  5. Relacionamento lógico entre as causas dos comportamentos;
  6. Admissão na literatura do país de temas cosmopolitas;
  7. Uso de expressão simples e tom desafectado.

Os princípios básicos da nova geração foram registados em palestras onde discutiam sobre novas ideias, literatura e cultura de Portugal.

O grupo realista ficou conhecido como geração 70:

  • A poesia é a tradução em palavras do universo desconhecido das emoções;
  • Os poemas comunicam ao leitor a própria essência da linguagem;
  • O poeta cria com a matéria-prima da imaginação.

A poesia realista portuguesa apresenta três tendências:

  • Poesia de divulgação
  • Poesia do quotidiano
  • Poesia metafísica

Sem disposição para este trabalho exaustivo, o escritor não terá sucesso.

About these ads

~ por goncasrato em 03/07/2010.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: